Não Desistas de Ti…

Não Desistas de Ti…

Eu poderia fazer uma lista interminável de motivos pelos quais não deves desistir de ti, mas o principal é obvio: Tu és a principal pessoa que convive 24h contigo mesmo, para o resto da tua vida. Todos os dias estás a 100% a conviver contigo, nos momentos mais positivos e nos menos bons.

Quando refiro que tens de conviver contigo, isto passa por lidares com a tua cara, com o teu corpo, com as tuas sensações, emoções, que nem sempre é fácil. Em diversas sessões de Coaching já ouvir:

“Flávia tenho vontade de fugir de mim, quanto mais longe melhor”.

Nos momentos mais dificeis que vivemos é complexo lidar connosco, porque nada parece ter uma solução. No entanto desistires de ti não é a solução é o pior caminho porque se há uma pessoa que tu não podes “fugir” de ti, essa pessoa ÉS TU!.

Há quem perca muito tempo preso em momentos em que finge que podia se evitar.

O contacto com o espelho é um momento de cor, desconforto, vergonha.

Vergonha de quem é

Vergonha porque não reconhece a pessoa que vê ao espelho

Vergonha porque tem medo da pessoa que se tornou…

O dia que percebes que és a pessoa mais importante no teu mundo e precisas de TI, tudo MUDA.

Se não fizeres isso Agora por ti, ninguém fará, é incrível ter pessoas à nossa volta como familiares e amigos queridos.

Mas é fundamental seres a tua principal prioridade antes de qualquer outra pessoa.

Isto pode parecer um exagero da minha parte mas como podes ser uma boa mãe se és a ultima pessoa na tua lista de prioridades. Nas sessões com “mamãs” quando pergunto “quais são os teus sonhos” algumas respondem “que os meus filhos sejam felizes”. Compreendo muito bem que a felicidade dos filhos é muito importante contudo já conheci muitas mães muito infelizes em que desejavam a felicidades dos seus rebentos quando eram as primeiras a dar o exemplo de infelicidade.

Ganhar consciência que és a tua principal prioridade é um processo ás vezes complexo porque torna-se um hábito os outros estarem primeiro na tua lista de prioridades. Contudo esta mudança de paradigma desperta em ti um Amor próprio GIGANTE.

SIM TU ÉS GIGANTE 🙂

Conheci uma mulher que disse ao longo de uma conversa que já tinha “desistido dela” deixou de acreditar que era possível voltar a ser felizes. O vazio era enorme, era como se falta-se algo por mais carinho e amor que tivesse à sua volta.

Quando reconheces que és Gigante a única Solução é acreditares em ti.

Sessões Coaching:

coachflaviagouveia@gmail.com

Leave a Reply

%d bloggers like this: