Insatisfação com a Imagem/Corpo

Insatisfação com a Imagem/Corpo

[Quantas estratégias já usaste para “lapidar” um corpo que na verdade “só” precisa do teu amor ? ]

“-Quando eu emagrecer serei feliz, tudo irá se resolver!!
– Quando eu emagrecer vou me permitir fazer tudo que ainda o que não fiz…”
Pensamentos que surgem quando as pessoas associam magreza à felicidade e ao sucesso.
Muitas pessoas ignoram que de facto antes de terem ganho peso, a insatisfação corporal já existia.
Insatisfação que surge pela pressão estética, pela projeção familiar e/ou por uma distorção de imagem lá na infância ou na adolescência. .
.
Já ouvi várias partilhas de mulheres/homens que tiveram uma infância ou adolescência de “grande elegância física segundo os seus padrões. Contudo a insatisfação relativamente à sua imagem já existia.
RELATOS COMO:
“Hoje eu vejo que eu estava magr@, mas mesmo assim não achava que eu era bonit@ o suficiente…”
” Mesmo estando magr@ sentia-me
infeliz com o meu corpo”

“A insatisfação acompanhou-me toda a vida…
Sempre tinha mais alguns kg para perder..” “Nunca era bom o suficiente.”
Há casos de pessoas que após realizarem algumas cirurgias e conseguiram perderem mais de 50 kg relatam que a insatisfação corporal continuou da mesma forma e que mesmo pesando o que sempre “sonharam” ainda não era bom o suficiente.

Insatisfação gera mais insatisfação.

Hoje a insatisfação pode ser do teu peso, depois para uma parte específica do corpo… A sensação de nunca ser boa o suficiente e a tal felicidade, que nunca chega.
Por isso insisto no poder da aceitação.
Para não passares a vida a odiar quem és e como és.
Procurar ajuda é um acto de coragem? vê o teu corpo de forma amorosa e gentil.
Mereces viver.
Mereces paz.

Leave a Reply

%d bloggers like this: