Quando projectamos nos outros aquilo que não aceitamos em nós…

Quando projectamos nos outros aquilo que não aceitamos em nós…

Quando não suportamos olhar para as nossas imperfeições ou receamos pelo julgamento alheio, procuramos um responsável externo e delegados a ele um sentimento desagradável que nos pertence: a culpa.
Os motivos que levam a buscar outro culpado para os nossos próprios erros são diversos e, por vezes, inconscientes, como a necessidade de se sentir superior, o medo de ser criticado ou de não ser admirado.
Como forma de defesa projectamos as nossas dificuldades no outro, evitando enfrentar as nossas falhas, criando uma distância fantasiosa mais perfeita. Essa atitude diminui a angústia e promove uma passageira sensação de alívio. Contudo, não seremos menos responsáveis se convencermos os outros que não somos culpados por não guardar o lixo no bolso.
A responsabilidade pelas nossas decisões é nossa e é intransferivel.
Aquela prova não seria tão difícil se tivéssemos dedicado tempo e empenho a estudar…
Se estamos sempre a chegar atrasados é porque precisamos de mudar provavelmente a hora de sair da cama…
Cada vez que justificamos as nossas faltas através de um causador externo, compremetemos mais a nossa credibilidade pessoal e profissional.
Olha com maturidade e naturalidade para as nossas falhas, mesmo que isso frustre e tínhamos que abandonar o desejo infantil da perfeição, isso aproxima de nós mesmos e cria uma aceitação e uma exploração das nossas capacidades de modo a trabalhar o que podemos melhorar.
Este processo nos distância da culpa do medo do receio sobre o que é que o outro vai pensar de nós.. E consegue olhar para os erros como oportunidades de crescimento com mais segurança…

♣️coachflaviagouveia@gmail.com

?Coach Flávia Gouveia

Leave a Reply

%d bloggers like this: