Balanço dos Objectivos – Meio Ano de 2018

Balanço dos Objectivos – Meio Ano de 2018

Estamos a chegar a meio do ano de 2018 e nada como fazer um Balanço sobre os objectivos:

  • Aqueles que já foram alcançados
  • Aqueles que neste momento não fazem sentido manter
  • Aqueles que queres alcançar

 

1- Cria Grandes Objectivos

Estudos e pesquisas revelam que ter objectivos são factores de diferenciação na criação de sucesso.

Os teus objectivos devem ser suficientemente ambiciosos para te motivar à acção.

Algo como:

  • Perder 3kg

São metas que não têm acção, precisas de grandes objectivos que despertem paixão e te coloquem no caminho da acção.

Nas sessões de coaching tenho alguns clientes que referem que fazer exercício físico logo pela manhã ajuda muito na produtividade contudo, assim que toca o despertador eles continuam a dormir.

Afirmar que queres acordar cedo para fazer exercício físico é vago e pouco impactante.

Definir uma Grande Meta que te faz sair da Cama às 6h da manhã para correr, aí sim, “saltas da cama, assim que tocar o despertador”.

Ex: Escrever um Livro sobre a minha grande Paixão “Exercício Físico para crianças” ou Lançar o meu Projecto em Outubro de 2018.

Assim que tens uma grande objectivo as tuas rotinas são automaticamente alteradas porque estás altamente motivado em alcançar e acordar cedo faz parte do teu programa para chegares ao resultado.

2- Foco no que queres

Muitas vezes vejo objectivos assim:

  • Não quero engordar
  • Não posso fumar
  • Não posso falhar o penalty

Estava com uma grande amiga que afirmava consecutivamente “não posso fumar, estou com uma tosse diferente e a minha pele está bastante seca. Ao longo de algumas semanas notei que a pele dela estava cada vez pior e perguntei se ela continuava a dizer “não posso fumar”…

Curiosamente era exactamente isso que ela dizia, mas mantinha o consumo regular de tabaco.

Se eu disser para não pensares num elefante, tu vais pensar num elefante.

Com os objectivos é exactamente igual, pensar sobre o que eu quero de forma positiva e não sobre o que não quero.

3- Define objectivos que estão sobre o teu controle

“Quero que o meu filho termine o curso”

“Quero que o meu chefe me respeite mais”

Os objectivos não são aquilo que nos queremos sobre os outros, isto são apenas fantasias ou desejos. Pelo contrario se definires uma meta que estejas 100% ligada a ti, consegues estar mais envolvida e por sua vez a recompensa pessoal é maior.

4- Divide os objectivos em segmentos para facilitar na conquista

“Nada é particularmente difícil se dividires em pequenas tarefas”

Tenho um cliente que vai lançar um livro em breve, mas à 6 meses a atrás quando encontrou em contacto comigo estava com dificuldade em conseguir definir um plano para a concretização do mesmo.

Assim, que percebeu que podia dividir em capítulos e definir diariamente a meta do número de páginas que ia escrever, não só o processo tornou-se mais simples como também conseguiu acabar mais rápido do que o previsto.

Quando se define Grandes objectivos pode ser um pouco assustador, contudo a melhor estratégia é dividir em pequenos passos ao longo de dias, semanas e meses caso seja necessário.

4 Passos para Definir Grandes Objectivos:

1º Cria Grandes objectivos

2º Foco no que queres alcançar

3º Garante que os objectivos dependem de ti

4º Divide os teus objectivos para que seja mais fácil começar

Amanhã acompanha o directo na Pagina do Facebook e no Instagram!

 

 

 

 

Leave a Reply

%d bloggers like this: