A Escolha Ideal

A Escolha Ideal

Quando toma uma decisão, passa por uma porta que se fecha atrás de si, enquanto outras entradas que poderia ter escolhido desaparecem, e novas portas aparecem à sua frente. Por exemplo, se escolher mudar de cidade, a oportunidade de permanecer onde agora vive desaparece, e o mesmo acontece em relação às possibilidade que aí o aguardariam, mas em lugar delas surgem novas oportunidades que não existiam antes.
É assim que cria as experiências da sua vida. Cada opção proporciona diferentes oportunidades, você escolhe uma, as oportunidades que não escolheu desaparecem e outras oportunidades se apresentam.
Você traz um futuro para a sua realidade de cada vez que toma uma decisão, e à medida que esse futuro se vai tornando o seu presente, terá de voltar a escolher. Cada escolha traz um futuro adequado para a sua realidade. Por exemplo, se reagir com raiva cria as consequências de raiva, e responder com amor cria as consequências do amor, etc.
Qualquer que seja a sua escolha, mais opções surgirão, e uma delas será então a ideal. Ou seja, terá sempre a oportunidade de fazer a opção ideal. A escolha ideal é a escolha cria harmonia, cooperação, partilha ou reverência pela vida.
Ao fazer essas escolhas, penetra na vida, a sua criatividade flui, tudo o que faz tem sentido, tudo o que diz é adequado e tudo o que experiência é uma dádiva. Vê então a perfeição da sua vida e das vidas dos outros, sabe que a sua vida tem um objectivo, e vive-o. 
Lembra-se de alguma escolha sua que a tenha trazido à sua situação actual? Pode ter sido a opção de mudar de cidade, casar, mudar de emprego, ir estudar, etc.
Agora suba uma camada e tente lembra-se da escolha que lhe permitiu fazer a opção anterior. Por exemplo, a escolha de mudar de cidade pode ter-lhe permitido conhecer o parceiro com quem escolheu aceitar uma proposta de mudar de cidade.
Suba mais algumas camadas, e tente recordar-se das escolhas que estão por trás das escolhas que já identificou.
Exercício:
Crie uma pequena tabela com o Mapa das Suas Escolhas:
Comece por uma circunstância actual, como o locar onde vive, o seu emprego ou companheiro, e identifique as escolhas que o trouxeram até onde se encontra.
A Escolha ideal é a que cria poder autêntico. Essa escolha apresenta-se continuamente, e por fim, essa será a sua opção.
Quando adquire consciência do que está a sentir, usa o significado como seu guia e se reconhece como o criador das suas experiências.
Exercício:

Durante as próximas vinte e quatro horas, tende permanecer consciente das suas escolhas, momento após momento.
Coloque a si mesmo as seguintes questões cada vez que tomar uma decisão:
“- Estou disposto a assumir a responsabilidade pelas consequências que esta escolha irá criar”.
“-Esta escolha irá criar harmonia, cooperação, partilha e reverência pela vida?”
“-Será esta a escolha ideal a fazer?”
A escolha ideal é o seu potencial a chamá-lo, e a oportunidade de o fazer surge continuamente.
A escolha ideal cria consequências construtivas e passíveis de responsabilizar a pessoa que a faz, mas cada consequência por si criada dá-lhe a oportunidade de crescer – para aprender sobre as partes da sua personalidade que têm medo – e exige que faça outras escolhas. Mais cedo ou mais tarde, optará por se modificar em vez de pôr as culpas nos outros, abrirá o coração, experienciará a sua dor, e curá-la-á.

Agende a Sua Sessão Agora e Faça a Sua Escolha:

Email: coachflaviagouveia@gmail.com
Telemóvel: 962595029
Skype: 962595029

Leave a Reply

%d bloggers like this: