Como é que podemos desafiar as hierarquias quando aprendemos a chamar respeito ao medo?

Como é que podemos desafiar as hierarquias quando aprendemos a chamar respeito ao medo?

Ao preparar-se para falar em público num seminário, Miguel evoca o medo que sente todos os meses durante a reunião geral da empresa. 
A sua missão é transmitir a mensagem do presidente. Cada vez que isto acontece, ele treme, fala com dificuldade e termina com imenso todo suado. Perguntei-lhe se estava sempre de acordo com o que dizia…
Recebi um olhar consternado. “Não posso alterar o texto que o presidente me ditou!”.
Não desarmo: “Porquê? Realmente não vejo como é que podes estar calmo, descontraído e carismático se não estás de acordo contigo próprio”.
Miguel saiu impaciente por não ter obtido um “esquema” mais fácil para pôr em acção.
Na segunda sessão, volta… contente.
“Disse a mim próprio que talvez pudesse experimentar, que nada tinha a perder, sentia-me sempre tão mal naquelas reuniões… então agarrei as notas que o presidente tinha ditado e redigi o meu texto a partir das minhas ideias, dos meu valores. Escolhi o tema que me pareceu interessante e pu-lo em primeiro lugar. 
Ora bem, o que aconteceu foi que não tremi nem um segundo, sentia-me bem à medida que falava, e fui aplaudido. Uma hora depois fui chamado ao patrão. Estava à espera de ouvir um “feedback menos positivo.”, no entanto estava preparado para ele… 
Contra tudo o que esperava, ele felicitou-me e segredou-me que há muito tempo que esperava que eu tomasse esta iniciativa”
Submeter-se, é desligar-se do seu próprio potencial. A complexidade do mundo actual requer a comunhão das forças vivas e dos recursos de cada um. Uma empresa não pode dar-se ao luxo de perder tanto potencial criativo, porque a sua riqueza hoje em dia reside nos homens que a compõem.

Mas como é que podemos sentir liberdade de desobedecer quando aprendemos a submissão à autoridade desde a nossa mais tenra infância? 
Como é que podemos desafiar as hierarquias quando aprendemos a chamar respeito ao medo? 
Como chegar mesmo a reflectir e a ter confiança naquilo em que pensamos quando até as nossas próprias sensações foram negadas?
Agenda a tua Primeira sessão Gratuita:
Email: coachflaviagouveia@gmail.com
Skype: flaviao.gouveia
Telemóvel: 962595029

Leave a Reply

%d bloggers like this: